O Sonho de Mandela

Abril a Outubro - África do Sul - 10 Dias / 2 Refeições - Cidade do Cabo / Kruger / Joanesburgo / Pretória
Desde 1700.00 € (+ Taxas)

Itinerário

1º DIA        LISBOA / …    

Comparência no aeroporto 120 minutos antes da partida. Formalidades de embarque e partida em voo com destino à Cidade do Cabo, via cidades de conexão. Refeições e noite a bordo…

2º DIA        … /CIDADE DO CABO

… Chegada à Cidade do Cabo, capital da África do Sul. Formalidades aduaneiras, assistência e transfer ao hotel. Resto de tempo livre para um primeiro contacto com a “cidade-mãe”, uma terra de múltiplos encantos esculpida pela natureza. Alojamento.

3º DIA        APA – CIDADE DO CABO (Península do Cabo)  

Pequeno-almoço. Visita de dia inteiro à Península do Cabo. Partida num passeio panorâmico ao longo da costa atlântica, passando pelo subúrbio cosmopolita de Sea Points e Camps Bay. Continuação até à vila piscatória de Hout Bay, um dos segredos mais bem guardados da Cidade do Cabo. Navegação (opcional) num pequeno barco até Duker Island para ver os lobos-marinhos que habitam a ilha. A viagem continua até à Cape Point Nature Reserve onde poderá observar uma ampla diversidade de fauna e flora local. Regresse ao período quinhentista e descubra o cabo dobrado por Bartolomeu Dias. O Cabo da Boa Esperança ou Cabo das Tormentas, na ponta sudoeste do continente africano, era temido pelos navegadores devido à forte ondulação provocada pela união dos oceanos Índico e Atlântico. Seguindo a linha costeira ao longo de False Bay, regresso à Cidade do Cabo. Passagem por Simon’s Town, visitando (opcional) a colónia de pinguins de Boulder Beach, a aldeia piscatória de Fish Hoek e Muizenberg. Última paragem para dar um pequeno passeio nos Jardins Botânicos de Kirstenbosch. Chegada à capital, passando pela Universidade, pelo Memorial a Rodhes e pelo Hospital Groote Schuur. Saída por volta das 08h30/9h00 e regresso às 17h00. Alojamento.

4º DIA        APA – CIDADE DO CABO (Table Moutain)

Pequeno-almoço. Visita panorâmica ( ½ dia)  da cidade e excursão à Table Mountain. Início do tour com passagem pelos principais pontos de interesse do centro da cidade com destaque para o Castelo da Boa Esperança (visita do Castelo se o tempo permitir), construído pela Companhia das Índias Holandesa, para a Câmara, imponente edifício em estilo barroco, e para a Grand Parade, praça onde os sul-africanos se juntaram para ouvir Nelson Mandela depois de ter sido libertado em 1990. Continuação através de Adderley Street, passando pela Catedral de São Jorge, pela Diocese Anglicana de Desmond Tutu, pelos Company Gardens, belos jardins repletos de estátuas históricas, e por Malay Quarter, uma área multicultural de casas coloridas na encosta de Signal Hill. A viagem segue até à magnificente Table Moutain com subida até ao topo (bilhete não incluído e sujeito a condições meteorológicas). Num dia de céu limpo é possível avistar Robben Island, a ilha onde Mandela esteve preso, e Cape Point. A excursão segue (se o tempo permitir) através de Table Bay até Milnerton. Fotografe a Table Moutain da perspetiva em que esta foi vista pelos primeiros colonizadores no desembarque em Table Bay. Tour de manhã - saída por volta das 8h00 e regresso às 12h30 - ou de tarde (mínimo de dois participantes) - saída por volta das 13h00 e regresso às 17h30. Alojamento.

5º DIA        MP – CIDADE DO CABO / NELSPRUIT – PARQUE NACIONAL KRUGER

Pequeno-almoço. *Em hora a combinar localmente, transfer ao aeroporto para formalidades de embarque e partida em voo com destino a Nelspruit. Chegada, recolha de bagagem e transfer ao Pestana Kruger Lodge. Jantar e alojamento. Conforme o horário do voo, possibilidade de efetuar um safari de tarde no Parque Nacional Kruger.  

*Nota: Possibilidade de realizar, mediante noite extra, uma excursão opcional de dia completo à principal região vinícola da África do Sul. Descubra os vales férteis onde se produz um vinho que atravessa fronteiras. Primeira paragem em Paarl, a pérola desta região sul-africana. Visita das caves e degustação do vinho tinto desta povoação de vinhas ondulantes e beleza rústica incomparável. Continuação em direção a noroeste até à povoação de Franschhoek, perto das Montanhas de Drakenstein. Tempo livre para almoçar (refeição não incluída). Conheça uma vinha e prove os vinhos apreciados por Napoleão, Bismark e Eduardo VII, Príncipe de Gales. Por último, conheça Stellenbosch, a segunda cidade mais antiga da África do Sul e o coração histórico desta região vinícola que os holandeses decidiram começar a cultivar. Aprecie a arquitetura desta povoação onde poderá encontrar edifícios holandeses e vitorianos à sombra de carvalhos gigantes. Antes de regressar à Cidade do Cabo, assuma o papel de enólogo, desfrute de mais uma degustação de vinho e brinde ao país de Mandela. Saída por volta das 8h30/9h00 e regresso por volta 17h00.  

6º DIA        MP – PARQUE NACIONAL KRUGER

Pequeno-almoço. Saída para um dia inteiro de safari à procura dos “Big Five”. Acompanhado pelo seu guia/motorista do lodge, siga as pegadas, sinta os cheiros desta terra e aproveite para fotografar hipopótamos, girafas, zebras, leões, elefantes, búfalos e leopardos no seu habitat natural. O Kruger, com uma área de 19 mil km², é o maior parque nacional da África do Sul e é considerado um dos mais importantes santuários de vida selvagem no continente africano. Jantar e alojamento no lodge.

7º DIA        APA – PN KRUGER – JOANESBURGO

Pequeno-almoço. * Em hora a combinar, transfer ao aeroporto e embarque em voo com destino a Joanesburgo. Chegada e transfer ao hotel em Joanesburgo ou Pretória para alojamento. Dependendo da hora de chegada, possibilidade de realizar (opcional) uma visita ao maior bairro do mundo – Soweto. Conheça este fascinante e agitado bairro, berço de dois vencedores do Prémio Nobel: o arcebispo Desmond Tutu e o famoso líder e protagonista na luta pelos direitos dos negros: Nelson Mandela. Aliás, na rua Vilakazi é possível encontrar a sua casa (onde morava antes de ter sido preso) e que em 2001 se tornou no Museu do Apartheid. Não muito distante das multidões de turistas da Rua Vilakazi, encontra-se o Museu Memorial Hector Pieterson. O museu tem o nome de um rapaz de 13 anos, morto pela polícia durante uma manifestação em 1976, que se transformou num dos maiores símbolos da luta contra o Apartheid. Conheça a Igreja Regina Mundi, palco de várias reuniões secretas contra o regime, passe pela Praça da Liberdade e pelo maior hospital do mundo, o Chris Hani Baragwanath, onde decorrem vários projetos de desenvolvimento comunitário. Esta visita realiza-se diariamente com início às 12h45 e uma duração média de 4 horas.

*Nota: Possibilidade de realizar, mediante noite extra, uma excursão opcional de dia inteiro à Rota Panorama, a famosa “Panorama Route”. No percurso, visita de Bourke’s Luck Potholes, incríveis formações geológicas formadas pela força das águas, de Gods Window (se o tempo permitir, a vista é lindíssima) e de The Three Rondavels, espetaculares picos (a 1380 metros de altitude) com uma vista espetacular sobre o Blyde River Canyon e que lembram, pela sua forma, as casas tradicionais dos nativos desta região. Regresso ao lodge.

8º DIA         APA    JOANESBURGO (PRETÓRIA)

Pequeno-almoço. De manhã, pelas 08h30, início da visita em serviço regular (inglês) à vibrante cidade de Joanesburgo e aos seus mais importantes locais turísticos e paisagísticos, incluindo o miradouro dos penhascos de Westcliffs; a ponte de Mandela (breve paragem para foto); o Museu de África (breve paragem para foto); a Praça Mary Fitzgerald, em homenagem à primeira mulher sindicalista; a área moderna de Newton, o coração e a alma cultural da cidade; histórica área de Constitution Hill (se aberta). Sinta a atmosfera única das ruas, revivendo o sonho sul-africano numa cidade rodeada por montanhas repletas de minas de ouro, um simples centro de exploração de minerais preciosos que se transformou na 40ª maior aérea metropolitana do mundo. De tarde, pelas 13h00, partida para visita da capital administrativa da África do Sul, a bela cidade de Pretória. Informalmente é conhecida como a cidade do Jacarandá, árvores que ficam completamente “pintadas” de roxo quando estão a florescer. A cidade foi construída com enorme paixão e determinação, como demonstrado pelos edifícios arquitetonicamente significativos e pelas diversas estátuas que homenageiam alguns dos seus históricos líderes. Entre os pontos de maior destaque estão a residência do presidente Paul Kruger, a Praça de Igreja, o Monumento Voortrekker, a Union Buildings, (sede do governo sul-africano) e a Câmara Municipal. Regresso ao hotel em Joanesburgo ou Pretória para alojamento.

Estas visitas são realizadas diariamente com partida, às 08h30 e 13h00, dos hotéis situados na área de Sandton. Têm uma duração aproximada de 4h (Joanesburgo) e 4h30 (Pretória), não incluindo almoço.

9º/10º DIA    PA    JOANESBURGO /... / LISBOA

Pequeno-almoço. Em hora a combinar*, saída para transfer ao aeroporto e embarque em voo com destino à sua cidade de origem, via cidade(s) de conexão. Refeições e noite a bordo. Chegada no 10º Dia. Fim dos n/ serviços.

*Se o voo partir ao final do dia, possibilidade de realizar uma excursão (opcional) de dia completo à reserva natural de Pilanesberg e à cidade da diversão Sun City. A partida será às 07h00 e o regresso acontecerá por volta das 18h00 com transfer ao aeroporto no final da excursão. Chegando à reserva natural de Pilanesberg dá-se início a um safari em carro fechado à procura dos “Big Five” (elefante, leão, rinoceronte, búfalo, leopardo). Esta reserva tem uma área de 572 metros quadrados e fica dentro da cratera de um vulcão há muito tempo extinto (daí a sua forma quase circular). Embora relativamente pequeno, o parque abriga um abundante número de espécies. Depois do safari, continuação para Sun City com uma visita guiada ao famoso complexo turístico Sun City Resort. Destaque para o Vale das Ondas e para o parque aquático Waterworld (entrada não incluída). Esta visita é realizada diariamente com partida às 07h00 dos hotéis situados na área de Sandton. Tem uma duração aproximada de 11 horas e não inclui almoço.


Notas

Mínimo de 2 participantes
Guias locais em inglês

África do Sul - Os cidadãos portugueses que pretendam visitar a África do Sul em turismo não necessitam de visto. Os serviços de imigração e fronteiras exigem, todavia, à entrada no país, a apresentação de um passaporte com pelo menos duas páginas livres e válido por, pelo menos, trinta dias após a data prevista para a saída (a partir de 24 de Novembro de 2015, a República da África do Sul apenas aceitará passaportes eletrónicos). Sublinha-se que, a partir de 1 de Junho de 2015, a entrada e saída de crianças/menores na República da África do Sul exigirá a observação de requisitos específicos (sob consulta).